Formação PME

Programa Formação PME é um projeto conjunto de formação-ação, enquadrado no Sistema de Incentivos às empresas no âmbito da Qualificação e Internacionalização do COMPETE 2020, que pretende contribuir para o reforço de competências dos empresários e gestores para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, assim como os trabalhadores das empresas, apoiadas em temáticas associadas à inovação e mudança, através de:

 

• Aumento da qualificação específica dos trabalhadores em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas;

• Aumento das capacidades de gestão das empresas para encetar processos de mudança e inovação;

• Promoção de ações de dinamização e sensibilização para a mudança e intercâmbio de boas práticas.

 

A AEC - Associação Empresarial de Cantanhede dispõe para as PME’s da região Norte e Centro, a temática "ORGANIZAÇÃO E GESTÃO", com os seguintes pressupostos: 

 

• Objetivo: qualificar PME para reforçar a sua competitividade e capacidade de resposta no mercado global.

• Linhas Orientadoras: introdução de novos métodos ou novas filosofias de organização do trabalho, reforço das capacidades de gestão, estudos e projetos, redesenho e melhorias de layout, ações de benchmarking, diagnóstico e planeamento, melhoria das capacidades de desenvolvimento e distribuição de produtos, processos e serviços.

• Níveis de Impacto: concretização de inovação organizacional por via da aplicação de um novo método organizacional na prática do negócio ou na organização do local de trabalho.

• Público Alvo: Micro, pequenas e médias empresas da região CENTRO e NORTE (Recomendação n.º2003/361/CE de 6 de maio) que se enquadram no âmbito de atuação setorial do OI-AEP.

 

Metodologia: O Modelo de Intervenção baseia-se no ciclo PDCA (PLAN – Do – CHECK – ACT), respeitando a ordenação lógica destas etapas e garantindo a constante monitorização da intervenção em cada PME:

 

• Diagnóstico e Definição do Plano de Desenvolvimento: Recorrendo à atividade de consultoria é efetuado um levantamento da situação da empresa e é feita uma avaliação das práticas correntes associadas à área de intervenção do Projeto. Em paralelo, é efetuado um diagnóstico formativo onde são identificadas as necessidades de formação em função da caracterização dos seus Recursos Humanos em termos de qualificações / níveis habilitacionais / competências detidas. Com base nas informações recolhidas é elaborado o Plano de Desenvolvimento onde são identificados os objetivos a alcançar e definidas as medidas de formação e de consultoria (alinhadas com a área de intervenção escolhida) necessárias à concretização do projeto no horizonte temporal definido.

• Implementação do Plano de Desenvolvimento: São reunidas as equipas de trabalho que, em conjunto com os consultores, implementarão as medidas definidas no Plano de Desenvolvimento definido no diagnóstico. São reunidos os grupos de formação e realizadas as ações formativas definidas no plano.

• Acompanhamento do Plano de Desenvolvimento: São definidos momentos de regulação da execução (avaliação intercalar de resultados), para acompanhar e controlar o grau de implementação do projeto no que respeita às atividades formativas e de consultoria.

• Avaliação de Resultados/ Melhorias Implementadas: No final do projeto, é feito um balanço do progresso/análise evolutiva da empresa em função do grau de alcance dos objetivos traçados e dos resultados efetivamente alcançados. Os resultados obtidos serão disseminados, permitindo assim uma experiência de partilha entre empresas e impulsionando e motivando a implementação de boas práticas.

 

Ficha de ProjetoFPME FICHA DE PROJECTO

 

Contactar a AEC para aderir.

Comércio Digital
Comércio Digital

A AEC – Associação Empresarial de Cantanhede é parceiro oficial do programa Comércio Digital: Qualificar Comércio e Serviços para a Economia Digital (POCI-02-0853-FEDER-036349), programa que pretende implementar junto das empresas que integram a sua esfera de influência.

 

Com este programa pretende-se mobilizar os empresários para a digitalização do seu negócio, ou seja, para a adoção de uma presença digital e incorporação de tecnologia nos seus modelos de negócio, com vista à captação de novos clientes e acesso a novos mercados (nacionais e internacionais).

Formação Modular

Os cursos de formação modular certificada permitem atualizar e aperfeiçoar os conhecimentos teóricos e práticos da população portuguesa adulta, bem como elevar os seus níveis de habilitação escolar e profissional.

 

Estes cursos destinam-se a adultos/as com idade igual ou superior a 18 anos, empregados/as ou desempregados/as que queiram melhorar as suas competências em domínios de âmbito geral ou específico de uma profissão.

 

Os cursos de formação modular podem integrar uma componente de formação de base, uma componente de formação tecnológica, ou ambas, com uma duração mínima de 25 horas, sendo constituídos por uma ou várias unidades de formação que integram os referenciais de nível 2 e nível 4 do Catálogo Nacional de Qualificações.

 

A frequência, com aproveitamento, de um curso de formação modular certificada confere um Certificado de Qualificações.

 

A AEC em 2018/2020 dispõe das seguintes formações modulares certificadas:

 

• FMC para ativos/empregados de empresas associadas ou que se associem FMC ATIVOS - FICHA DE PROJECTO

• FMC para desempregados FMC DLD - FICHA DE PROJECTO

 

Os conteúdos programáticos são os constantes das unidades de formação de curta duração que integram os referenciais de formação do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ): www.catalogo.anqep.gov.pt

Cantanhede Empreende
Cantanhede Empreende

O projeto Cantanhede Empreende (CE) foi uma iniciativa da AEC de apoio ao empreendedorismo, que apostou na capacitação de empreendedores, promovendo o nascimento de novas empresas. Totalmente gratuito, teve como principal objetivo proporcionar a todos os empreendedores as linhas mestres no início de criação de um negócio/ empresa. 

 

De um modo geral, o CE pretendeu desenvolver atividades dinâmicas e inovadoras que promovessem o espírito empreendedor, criativo e autónomo, em simultâneo com a aquisição de novos conhecimentos, experiências e saberes no mundo empresarial. Mais informações do projeto em www.ce.aec.pt